8 de out de 2014

Cities of Vampires | Capitulo 12 |

Amanda p.o.v
- Você... o que? - perguntei confusa.
Era exatamente como eu estava, confusa.
- Isso mesmo que você ouviu Amanda, eu estava lá,atras do mato, no posto de gasolina- ele disse me olhando.
- Mais como? 
- Acredite eu estou um pouco confuso também, mais eu sei tudo que vai acontecer Amanda, eu sei tudo que vai acontecer daqui algumas semanas. 
- O que vai acontecer?- perguntei com medo de ouvir algo ruim, apesar de saber que pela sua aparência, o que ele iria dizer não seria nada bom.
- Eu vou te explicar tudo, antes de você fazer esse feitiço de bruxa Keller, antes de você nascer, quando eu estava aqui de verdade, iriamos comemorar o aniversário de casamento dos meus pais, que agora,nesse presente, acontecerá daqui duas semanas, tudo estava indo bem, os convidados estavam se divertindo, mais como diz o ditado do século 21 tudo que é bom dura pouco, não é mesmo? Foi ai que apareceu os lobisomens e os humanos, os lobisomens não estavam transformados em lobo, pois não era lua cheia, mas eles estavam com armas, na quais continha um soro que enfraquecia os vampiros, e os humanos também tinham, eles atiravam e matavam com estacas, sabendo que os Biebers eram da realeza, eles apenas enfraqueceram a minha família e os levaram. 
- Os levaram? Como assim? E você? - perguntei o interrompendo
- Eu me escondi, não iria aparecer e ser pegos por eles, minha família foi burra, eles podiam ter se escondido, mais continuando... depois que eles já haviam matados todos, e levado a minha família com eles eu fugi pela floresta, até que encontrei uma bruxa, ela me ajudou, seu nome era Cecília, ela me manteve salva, e descobrimos que Pattie, Jeremy, Justin e Amélia estavam trancados num porão de ferro em baixo da prisão, se enfraquecendo pelo soro e por não tomar sangue.
- Is-so v-ai acon-te-cer? - perguntei gaguejando com medo.
- Tirando a sua presença e as suas histórias, nada mudou, eu acredito que isso vai acontecer Amanda 
- Temos que avisar eles, assim vocês estarão preparados e poderão fazer algo. - eu disse
- Ainda não Amanda primeiro preciso terminar a nossa conversa 
- Ainda tem mais? - perguntei
- Sim, Cecília era uma bruxa digamos que bem, poderosa, acredito que ela saiba o por que de eu saber que fui eu que você viu, temos que falar com ela - ele disse
-Temos? -perguntei 
- Sim, você também está envolvida nisso, e eu acho estranho só me lembrar que no futuro eu só vi você, não me lembro de mais nada.
- Olha, eu estou mais confusa ainda, da um tempo para mim descansar, eu não aguento mais isso, a cada dia eu descubro algo, a cada dia é mais um mistério e algo que eu não entendo. - falei 
- Tudo bem então Amanda.
- Me responde uma coisa 
- O que? -perguntou
- Você disse que Justin, Amélia, Pattie e Jeremy estavam presos, você não os salvou por que?
- Amanda, uma coisa que eu aprendi com Catarina, é que se em algum momento você se importar, você morre junto.
- Então você segue as dicas de Catarina? - perguntei com sarcasmo
- Acontece que eu já aprendi isso, e vejo que ela estava certa, se eu fosse salvar eles, sabe o que iria acontecer? Eu iria acabar sendo preso, por que um espirro daquele soro eu fico tonto.
O olhei incrédula, como ele podia ser tão cruel? A cada dia que eu passava nesse castelo eu conhecia mais o Natan, um completo, frio, sem sentimento e idiota.
- Abre a porta.
- Como quiser - ele foi até a porta e a abriu
Sai daquele quarto e fiquei no corredor, o olhei parado e escorado no batente da porta.
Você consegue ser cruel de mais. É uma pena que Catarina lhe transformou nisso que você é hoje.
Sem ouvir sua resposta caminhei até meu quarto, fechei a porta e suspirei, era muita coisa para minha cabeça. 
- Estava no quarto de Natan até agora? - ouvi uma voz rouca 
Justin.
- É...uh... - fiquei sem palavras
- Pelo jeito a conversa foi boa  - ele disse sorrindo irônico
- Não adianta eu falar com ele, ele é complicado de mais - eu disse e sentei na cama 
- Natan nem sempre foi assim...
- Já sei tem haver com Catarina, como eu posso ser irmã dela? - perguntei, - ela é tão diferente de mim
Ele se sentou do meu lado.
- Não fique mal por isso, ela é uma idiota, esqueça que você é irmã dela
O olhei, Justin sabia exatamente o que eu pensava, ele vivia isso, ele era diferente de seu irmão, assim como eu era diferente de minha "irmã".
- Isso é tão confuso Justin, eu chego aqui nesse castelo perdida, e  derrepente descubro que sou uma bruxa e filha dos bruxos Kellers, meus pais do século 14 que são os mesmo do século 21 não se lembram de mim, descubro que tenho uma irmã que todos odeiam, isso é tão assustador,tão confuso.
Sem perceber uma lágrima escorreu por minha bochecha, e quando fui perceber, eu comecei a chorar, eu estava fraca, eu queria minha vida de volta, Justin me abraçou de lado e fez eu encostar a cabeça em seu peito, eu me sentia uma criança,  tão fraca.
- Eu sinto falta da minha casa Justin, de ouvir meus pais reclamando do meu arroz duro de mais, dos nossos programas todas as noites, das tardes de domingo com minhas amigas, eu não sabia que isso poderia acontecer, se eu soubesse... nunca teria pesquisado sobre vampiros, nunca teria feito aquele pedido, tudo culpa minha.
- Hey se acalme tudo vai ficar bem - ele sussurrou para mim
Olhei para ele e nossos olhos se encontraram, seus olhos cor de mel, hipnotizantes, como um vampiro conseguia ter olhos tão lindos? Aos poucos as lágrimas foram parando, e vi que seu rosto estava tão próximo ao meu, era errado eu estar tão próxima a ele assim.
Mais quem resistiria? 
Fui despertada de meus pensamentos quando nossos lábios se tocaram, meus deus se eu soubesse que seus lábios eram tão macios havia beijado ele a alguns dias atrás, ele aprofundou o beijo e eu cedi, só ai eu me toquei  século 14 existiam beijos de línguas, afinal Natan foi apenas um selinho.
Em um movimento rápido ele me puxou para seu colo, seu beijo conseguia ser viciante, o que era isso? Eu não estava me arrependendo nenhum pouquinho, minhas mãos foram para seu cabelos fazendo um pequeno cafuné no mesmo.
Mais tudo foi interrompido com alguém batendo na porta.
Merda.
---------------------------------------
Oii amoress
Sei que faz tempo que não posto aqui, mais é que eu estava cheia de provas e trabalhos, então não podia abandonar meus estudos, desculpa :/
Espero que gostem desse capitulo amorecos <3
E obg pelos comentários do capitulo anterior vocês são divas <3
Até o próximo capitulo ^^